CNJ indica que não concursados comandam 7,8 mil cartórios

Portal Terra

BRASÍLIA - Levantamento do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) indica que 7,8 mil cartórios do país são administrados por pessoas não concursadas. O conselho enviou à imprensa oficial uma lista dos cartórios de registro civil, de imóveis, de notas e de protesto irregulares para ser publicada no Diário Oficial. Os tabeliães e oficiais terão 15 dias para recorrer da inclusão na lista. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Segundo a reportagem, o CNJ pretende determinar nos próximos meses que os tribunais estaduais realizam seleções públicas para preencher os cargos atualmente ocupados por não concursados. O jornal afirma também que o trabalho do conselho ganhou força nos últimos meses após a possibilidade do Congresso aprovar a proposta de emenda constitucional (PEC) 471, a chamada "PEC dos Cartórios", que determina a efetivação de não concursados como titulares em cartórios.