Chuva em janeiro em SP é a maior em 15 anos, diz CGE

Portal Terra

SÃO PAULO - O acumulado da chuva registrada até quinta-feira na cidade de São Paulo já é o maior em janeiro em 15 anos, desde quando começaram as medições do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE). Segundo o CGE, foram registrados 325,1 mm de precipitações até ontem. O maior valor em um mês de janeiro havia sido em 1996, com 318,8 mm.

De acordo com a Climatempo, uma das áreas onde mais choveu na madrugada de quinta-feira foi na zona sul da cidade. A estação meteorológica da Universidade de São Paulo (USP), localizada perto do Zoológico, registrou um acumulado de 80,4 mm entre os dias 20 e 21 de janeiro. A maior parte do volume de chuva ocorreu durante a madrugada.

Neste local da capital paulista, janeiro de 2010 já é o mais chuvoso em 70 anos. O total de chuva acumulado desde o dia primeiro até o começo da manhã na região era de 452,2 mm.

O CGE informou que, até as 13h de ontem, a precipitação média na zona norte foi de 46,6 mm, na zona leste, 47,2 mm, no centro, 59,1 mm, na zona oeste, 81,7 mm, e na zona sul, 56,9 mm.

A chuva de ontem deixou nove mortos. Três pessoas morreram na vila Anglo-Brasileira, uma na Lapa e cinco no ABC paulista. Na cidade de Ribeirão Pires, que decretou estado de calamidade pública, três pessoas da mesma família morreram. As chuvas que atingem São Paulo desde o final do ano passado já fizeram 59 vítimas.