Prefeito de cidade mineira morre em acidente na SP-125

Marcelo Pedroso, Portal Terra

TAUBATÉ - O prefeito de Virgínia (MG), Júlio César Ivo (PMDB), 44 anos, morreu na manhã desta quinta-feira em um acidente de trânsito após cair com a família em uma ribanceira no km 51 da SP-125 (rodovia Oswaldo Cruz), que liga as cidades paulistas de Taubaté e Ubatuba, no Vale do Paraíba.

» Siga o Terra no Twitter

Ivo estava viajando com a mulher e dois filhos para Ubatuba, cidade do litoral norte, onde ficaria até domingo. O filho do prefeito, Tertuliano Pinto da Fonseca Ivo, 23 anos, também morreu no acidente. Ana Elisa Pinto da Fonseca Ivo, 18 anos, filha de Ivo, está internada em estado grave no Hospital Regional do Vale do Paraíba, em Taubaté. A mulher do prefeito, Maria Lúcia Pinto da Fonseca Ivo, 52 anos, sofreu ferimentos leves.

Uma das hipóteses para o acidente é que o prefeito tenha dormido ao volante do veículo, um Celta de cor vermelha. Eles haviam saído de Virgínia por volta das 4h e o acidente ocorreu às 8h. Testemunhas afirmaram que o carro atravessou a pista e caiu em uma ribanceira, a uma altura de cerca de 25 m. Não há marcas de freio no local.

"Ele me ultrapassou na curva e foi embora. Eu estava a 60 km/h em minha moto e não o vi mais. Depois é que me falaram que o carro tinha caído. Eu e um outro rapaz que estava em um carro paramos para ajudar a moça a sair", disse o administrador rural Valdir Marcelo Brandão, 42 anos.

O caseiro Adailton Oliveira Farias, 29 anos, também ajudou a esposa do prefeito. "Nós estávamos vindo de Ubatuba e vimos uma das vítimas sangrando. A hora que mais me doeu foi quando ela pegou um terço e começou a rezar pela sua família. Ela nos disse que eles tinham saído às 4h."

Em função do terreno acidentado, o carro só foi retirado do local do acidente por um guincho às 14h. Os corpos do prefeito e de seu filho foram levados para o Instituto Médico Legal(IML) de Taubaté.

Amigos e familiares ainda não sabem quando os corpos serão liberados para o traslado até a cidade mineira. "Virgínia teve uma grande perda. Ele era uma pessoa muito boa, foi eleito como vice-prefeito e tinha assumido a prefeitura há uns três meses. O prefeito anterior tinha problemas no coração", disse o comerciante Walter Luiz Pellegrini, 56 anos, amigo pessoal de Ivo.