Em nota, PT diz que Serra age com hipocrisia

Portal Terra

SÃO PAULO - Em nota divulgada no site do partido nesta quinta-feira, o PT afirmou que o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), age com hipocrisia ao dizer que não irá se envolver em bate-boca eleitoral. A publicação veio como uma resposta a uma nota publicada no site do PSBD na quarta-feira, a qual afirmava que a ministrava-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, usava a mentira como método político.

"O que mais salta aos olhos é a hipocrisia do candidato de PSDB, José Serra, que ao mesmo tempo em que afirma estar "concentrado no trabalho" e que "não vai entrar nenhum bate-boca eleitoral de baixaria", usa o presidente do seu partido (o senador Sérgio Guerra) como um verdadeiro jagunço da política para divulgar uma nota daquele teor", afirma a nota, que é assinada pelo presidente nacional do PT, Ricardo Berzoini.

Na última terça-feira, o PT publicou uma nota em que afirmava "torcer para que o PSDB se encontre e produza um programa de governo, para que possamos ter um debate de alto nível neste ano eleitoral".

A resposta do PSDB veio na quarta-feira. Em nota publicada em seu site, o partido chama Dilma de mentirosa e dissimulada. "Está claro, portanto, que mentir, omitir, esconder-se, dissimular e transferir responsabilidades são a base do discurso de Dilma Rousseff. Mas, ao contrário do que ela pensa, o Brasil não é um país de bobos", afirmou a nota.

Na nota publicada nesta quinta-feira pelo PT, o partido condenou a forma como o PSDB tratou a ministra e afirmou que, mesmo assim, pretende fazer um debate de propostas e projetos de alto nível durante as eleições deste ano.

"De forma desqualificada, vil, caluniosa e grosseira para com a Ministra Dilma Rousseff, o que merece repúdio de todos, a nota revela o desespero por que passa a oposição brasileira, incapaz de produzir um programa de governo que sensibilize os corações e as mentes dos brasileiros".