Centrais sindicais discutem mobilizações para o primeiro semestre

JB Online

BRASÍLIA - As principais lideranças sindicais vão debater e definir nesta quinta-feira, dia 21, a agenda de mobilizações, greves e principais reivindicações para o primeiro semestre deste ano. A reunião começa às 9h30 na sede da Central Única dos Trabalhadores (CUT), no Brás.

As centrais pretendem organizar greves e paralisações em defesa da redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais à espera de aprovação no Congresso , da ratificação das convenções 151 e 158 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), do cumprimento do Fator Acidentário Previdenciário (FAP) questionado pelas entidades empresariais e do projeto que garante os direitos dos trabalhadores terceirizados, entre outras prioridades para o período.