SPFW: vestidos estreitos e leves em destaque

Iesa Rodrigues, Jornal do Brasil

SÃO PAULO - Um dia de elegâncias e juventude: a Huis Clos mostrou uma das melhores coleções da temporada, com vestidos estreitos, comprimento nos joelhos, decorados com macramês de franjas nas mangas e nos recortes dos modelos. A cartela em marfim, preto, cinza e azul valorizou os tecidos rendados de lã, e fez base para bordados volumosos de grandes paetês. Um estilo de referência Art-deco, completado com turbantes e o padrão pied-de-poule em cinza e cru.

Gloria Coelho também atende a um público de elite, que adota os vestidos de festa com detalhes especiais de tecidos. Mas desta vez Gloria repetiu um efeito que agradou no desfile de verão, em junho: fitas em torno do corpo, como se flutuassem no ar. Em cores mais claras, branco, rosa, com pluminhas entre pregas nas saias, ficou meio sem sentido. Ou melhor, sem originalidade.

Beldade

Para a ala mais jovem, a Amapô trouxe Fernanda Lima com vestido quase se desmontando, graças ao detalhe de tiras de jeans presas por fechos que iam se abrindo à medida que a beldade seguia pela sala. E mais paletós com amarrado na frente, em vez de abotoamento tradicional. Um estilo divertido, freneticamente aplaudido pela platéia que segue as sócias Carolina Gold e Pitty Taliani desde os tempos que participavam no Amni Hot Spot, evento de novos talentos de São Paulo.

Erika Ikezili espalhou letras de metal por vestes e vestidos sobrepostos em saias plissadas em tule sintético. Preferiu trocar a referência oriental, que sempre revisa, por formas dos anos 1980, de ombros largos e saias estreitas.

Os eventos brasileiros estão mudando. Pela manhã, a equipe da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg) anunciou a entrada de Ronaldo Fraga como consultor de conceitos e o grupo ABC (que foi responsável pelo Fashion Rocks e Rio Summer) como organizador do salão de negócios do Minas Trend Preview, a se realizar em fins de abril. Em maio, haverá uma prévia de verão, no Fashion Business e o Fashion Rio de verão. A antecipação de datas se deve ao objetivo de evitar a coincidência com a Copa do Mundo.