Juiz afasta 8 deputados de processo de impeachment de Arruda

Portal Terra

BRASÍLIA - O juiz Vinícius Santos Silva, da 7ª Vara de Fazenda Pública, determinou o afastamento de oito deputados distritais e dois suplentes de qualquer atividade relacionada ao processo de impeachment do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido). O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MP-DFT) havia afirmado que os parlamentares eram citados no processo do Superior Tribunal de Justiça (STF) sobre o mensalão do DEM e, por isso, seriam suspeitos de julgar o governador.

Os deputados citados no processo são, segundo os autos divulgados pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal, Aylton Gomes (PR), Benedito Domingos (PP), Benício Tavares (PMDB), Eurides Brito (PMDB), Júnior Brunelli (PSC), Leonardo Prudente (DEM), Rogério Ulisses (PSB), Roney Nemer (PMDB). Os suplentes Berinaldo Pontes (PP) e Pedro do Ovo (PRP) também aparecem no processo.

A decisão afirma que todos os suplentes que não sejam suspeitos devem ser convocados para atuar exclusivamente para esse processo.