SP: Campinas tem mais de 90 casas destruídas pela chuva

JB Online

SÃO PAULO - Na manhã desta terça-feira, a Secretaria de Habitação de Campinas (93 km de São Paulo) vistoriou as regiões mais afetadas pelas fortes chuvas que atingiram a cidade na noite de segunda-feira (18). Foram 93 casas afetadas.

Após a vistoria, a secretaria decidiu remover as famílias de 14 casas que estavam condenadas (com risco de desabamento), e deverão ser incluídas no programa "Minha Casa, Minha Vida".

A região mais atingida foi a sudoeste, principalmente no bairro Jardim Paraíso de Viracopos, onde 79 moradias em área de risco foram alagadas. As famílias também serão removidas e encaminhadas ao "Minha Casa, Minha Vida". A prefeitura afirma que já iniciou a construção de 1.200 casas na cidade no âmbito do programa federal.

Outras três moradias da região sudoeste foram atingidas em consequência das chuvas, nos bairros Parque Universitário e Ouro Verde, mas apenas apresentava risco de desabamento.

Outras regiões

Na região sul, outras dez casas foram atingidas pelas águas. Seis delas, entre os bairros Jardim Bandeiras e Camburiú, também foram consideradas condenadas. As outras quatro, no bairro Jardim Monte Cristo, não correm risco de desabamento. No bairro Campina Grande, na região noroeste, uma casa foi alagada mas sofreu danos em sua estrutura.

Segundo a prefeitura, todas as famílias removidas receberão o auxílio-moradia, que paga R$ 253 por mês durante um ano (renovável por mais um). A Secretaria de Habitação afirmou que ainda deve realizar outras vistorias nesta tarde.

Chuva

Na noite desta segunda, Campinas registrou em apenas uma hora o acumulado de chuva esperado para toda a semana. As chuvas provocaram diversos pontos de alagamento, problemas no trânsito e queda de poste. Ao todo, foram atendidas 55 ocorrências relacionadas ao temporal.