Cidades de SP cadastram guardadores para evitar crimes

Portal Terra

SÃO PAULO - A Polícia Civil de São Paulo vai cadastrar guardadores de carro em Santos, Guarujá, Bertioga, São Vicente, Praia Grande e Cubatão. A medida visa disciplinar a investigação e prevenção de crimes atribuídos a flanelinhas, como extorsão e ameaça.

Segundo o delegado seccional de Santos, Rony da Silva Oliveira, o cadastro incentiva as vítimas a denunciarem quando se sentirem extorquidas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

De acordo com a reportagem, serão cadastrados nome, endereço, antecedentes criminais e fotografias dos guardadores, que serão conduzidos por policiais aos distritos da área onde atuam. Ainda segundo a reportagem, a portaria que institui o cadastro afirma que pedir autorização para vigiar um veículo estacionado não é crime, mas exigir, mediante grave ameaça, violência ou constrangimento, pagamento ou qualquer outro tipo de vantagem, é extorsão.