Barragem transborda arrastando pontes em Itaara

JB Online

PORTO ALEGRE - Famílias estão isoladas devido ao grande volume de chuva em Itaara, na região Central do Estado. A barragem do rio Ibicuí transbordou na manhã desta terça-feira e quatro pontes foram levadas pela correnteza. Em Três Barras, divisa com Santa Maria, também há pessoas ilhadas. A Defesa Civil do município está levando alimentos e agasalhos para os atingidos.

Em São Francisco de Assis, a chuva provocou o deslizamento do aterro de uma ponte sobre o rio Taquari, próximo à Vila Kraemer. Em estradas vicinais do interior do município, há outros três pontos em que as águas abriram valetas no meio da via, o que dificultou o trânsito. Esta é a segunda vez que a cidade é atingida por chuva forte em menos de quatro dias.

Já na BR-287, em Santiago, árvores caíram na pista e bloqueiaram parcialmente a via na altura do km 460, entre Santa Maria e São Borja. Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizam o trabalho de remoção dos galhos. Houve chuva forte e vento durante a madrugada na região.

Em São Borja, a chuva que começou a cair por volta de 3h30min chegou a 130mm em quatro horas. Por causa da precipitação, pelo menos 10 casas foram alagadas na Vila Marrocos, uma das partes mais baixas da cidade, nas proximidades de uma barragem. Em Bagé, as rajadas de vento atingiram pico de 89 km/h durante a madrugada e foi registrada a queda de duas árvores. Bombeiros atenderam diversos chamados de casas inundadas e bocas de lobo obstruídas.

Em São Luiz Gonzaga, nas Missões, a chuva é torrencial desde as 4h. Houve falta de energia elétrica durante algumas horas. Os ventos fortes chegaram a 100 km/h.

Enxurrada abre cratera em Santa Maria

A chuva que caiu em Santa Maria, no Centro do Estado, na madrugada desta terça-feira, abriu um buraco de aproximadamente dois metros de profundidade na rua Senador Cassiano esquina com a Gomes Carneiro. Uma casa e um poste ficaram à beira da cratera, com risco de cair. A concessionária AES Sul desligou a energia no local.