Vice-governador do DF deve anunciar que deixará a política

Portal Terra

BRASÍLIA - O vice-governador do Distrito Federal (DF), Paulo Octávio (DEM), comunicou oficialmente ao presidente do partido, Rodrigo Maia (RJ), que deixará a política. O motivo são as denúncias de que ele estaria envolvido em um suposto esquema de desvio de dinheiro e corrupção no governo do DF. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Após sair da política, o vice-governador deverá cuidar de suas empresas, entre elas, uma das maiores imobiliárias de Brasília. Paulo Octávio iniciou na política em 1990, quando foi eleito deputado federal.