Região conhecida por violência vive um ano sem chacinas em SP

Portal Terra

SÃO PAULO - A Zona Sul de São Paulo, região que liderou nas últimas duas décadas as estatísticas de mortes na capital, terminou 2009 sem registrar nenhuma chacina. No primeiro semestre de 2000, auge dos homicídios múltiplos, a Zona Sul chegou a concentrar 40% dos crimes daquele período - 12 de 28 assassinatos. De acordo com o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), dos 12 casos ocorridos nos últimos anos e esclarecidos em 2009, 50% foram motivados por tráfico e 50% por vingança. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Segundo o DHPP, um dos motivos para a queda no número de chacinas foi o plano de combate aos homicídios, que deu prioridade para as prisões de autores reincidentes de assassinatos. Desde 2001, quando foi implantado, o plano dobrou o índice de esclarecimento dos casos, passando de 23% para 46% dos casos.