Lula deve liberar recursos para cidades em calamidade

Agência Brasil

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva editará ainda esta semana uma nova Medida Provisória para atender os municípios em estado de calamidade por conta das fortes chuvas. A informação é do ministro da Integração Nacional, Geddel Vieria Lima, que esteve reunido nesta segunda-feira com Lula e com os ministros do Planejamento, Paulo Bernardo, e das Cidades, Marcio Fortes.

Ele disse que o próximo passo é definir o valor dos recursos emergenciais que serão repassados. A princípio serão atendidas cidades do Rio Grande do Sul, do Espírito Santo, de São Paulo e de Minas Gerais.

- Vou me reunir com a defesa civil para verificar quais municípios serão contemplados. O valor, até o momento, não sabemos - afirmou.

Segundo Geddel, o encontro servirá para a Defesa Civil mostrar as demandas recebidas dos municípios atingidos.

Ele ressaltou que, no caso do Rio de Janeiro, o estado recebeu em 2009 R$ 130 milhões, que ainda não foram totalmente disponibilizados por falta do envio da documentação necessária pelas cidades.

No caso do Rio Grande do Sul, de acordo com o ministro, já foram disponibilizados R$ 100 milhões, e parte da documentação está sendo enviada. - Temos que ter a cautela necessária para a liberação dos recursos públicos - lembrou.