GO: funcionário morre em explosão de caldeira em laboratório

Portal Terra

GOINIA - Um homem morreu após a explosão de uma caldeira na madrugada desta sexta-feira na sede dos Laboratórios Teuto, no Distrito Agroindustrial de Anápolis (GO), a 55 km de Goiânia. Milton Vieira Soares, 56 anos, fazia a manutenção do equipamento, quando houve o incidente. Uma parte da caldeira, identificada como copo rotativo, voou de um painel em direção a Soares, atingindo-o na cabeça. Ele morreu na hora.

De acordo com a assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros, a caldeira que explodiu é um equipamento em que deve ser feita manutenção duas vezes por dia, para que a pressão seja mantida no nível ideal. Soares chegou por volta das 5 da manhã para o serviço: colocar óleo diesel e depois um óleo específico para a caldeira. A explosão aconteceu neste momento. O copo rotativo voou do painel direto para Soares. Não houve fogo e mais nenhuma vítima.

Soares era casado há 25 anos, tinha três filhos e dois netos. Um dos filhos dele começou a trabalhar na Teuto há poucos dias, segundo uma cunhada. A mulher da vítima ficou sabendo da morte pela manhã, no noticiário de uma emissora de rádio local.