Cristovam descarta candidatura e diz que PDT apoiará Dilma

Portal Terra

BRASÍLIA - O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) descartou nesta quinta-feira, no Twitter, sua candidatura à Presidência em 2010. O parlamentar disse que seu partido decidiu apoiar a candidata petista, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff.

- Meu partido já decidiu apoiar a Dilma. Não terei vez para presidente em 2010 - disse Cristovam em resposta a um internauta. Em uma campanha voltada para melhorias no sistema educacional, Cristovam ficou em quarto lugar nas eleições presidenciais de 2006, atrás de Heloisa Helena (Psol), Geraldo Alckmin (PSDB) e do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ao descartar a candidatura, Cristovam disse ter tentado encabeçar a chapa nacional do PDT. Apesar do apoio de seu partido à candidatura de Dilma, Cristovam fez elogios, também em seu Twitter, às políticas educacionais do governador de São Paulo, José Serra (PSDB), principal adversário da petista. - Sou favorável ao incentivo para professores que obtêm melhores desempenhos de seus alunos. O governador Serra vai nesta linha - disse Cristovam.