Sarney encaminha ao Executivo orçamento da União para 2010

Agência Senado

BRASÍLIA - O presidente do Senado, José Sarney, encaminha nesta quinta-feira ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva o orçamento da União para 2010. O texto aprovado pelos deputados e senadores autorizou o reajuste do salário mínimo, a partir de janeiro, de R$ 465 para R$ 510. A informação é da assessoria de imprensa da Presidência do Senado.

O valor total do orçamento para 2010 é de R$ 1,860 trilhão. Desse total, R$ 596,2 bilhões destinam-se ao refinanciamento da dívida pública, R$ 1,169 trilhão compõe os orçamentos fiscal e da seguridade social e R$ 94,4 bilhões referem-se a investimentos das empresas estatais federais.

Apesar do recesso parlamentar, Sarney tem despachado normalmente desde o dia 4. Além do reajuste do salário mínimo, o Orçamento Geral da União para 2010 prevê a destinação de R$ 66,6 bilhões para a saúde. Em 2010, o Executivo contará com um incremente de R$ 2,2 bilhões para ações de média e de alta complexidade do Sistema Único de Saúde (SUS) e de R$ 1,7 bilhão para o Programa de Garantia de Preços Mínimos do Governo Federal.