Aumenta o nível de alerta para chuvas fortes durante o fim de semana

JB Online

RIO - Uma frente fria está no litoral paulista e se intensifica nas próximas 24 horas. Até o sábado, sistema deve ficar quase parado em alto-mar, perto do litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro. Os meteorologistas da alertam para a combinação de frente fria e um ar muito úmido e quente. O pouco de ar polar que vem junto com a frente fria acentua o choque térmico na atmosfera. Esse contato do ar quente e úmido com o ar polar facilita a formação de nuvens mais carregadas, que provocam chuvas de maior intensidade.

Além disso, ventos úmidos e quentes do centro-norte do Brasil continuam soprando para o Sudeste, alimentando as nuvens de umidade. A presença da frente fria nos próximos dias, perto do litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro, aumenta o nível de alerta para chuvas fortes e volumosas no Sudeste do Brasil. Isto significa que o risco de novos deslizamentos, de alagamentos e transbordamentos também aumenta. Confira a previsão para todo o fim de semana:

Região Sul

Na sexta-feira, o tempo fica chuvoso em grande parte do Paraná e no Vale do Itajaí. Há risco de chuva forte. Nas demais áreas de Santa Catarina, no sudoeste do Paraná e no norte e no nordeste do Rio Grande do Sul, chove a qualquer hora do dia com períodos de melhoria e aberturas de sol. No sudeste gaúcho e em Porto Alegre, o tempo fica firme e com temperatura em elevação. Nas outras áreas ocorrem pancadas de chuva a partir da tarde.

No sábado, o céu fica nublado e chove no decorrer do dia em grande parte do Paraná, no Vale do Itajaí e no litoral catarinense. Há risco de chuva forte. No sul e no sudoeste do Paraná, nas demais áreas catarinenses e em grande parte do Rio Grande do Sul, chove no decorrer do dia, com alguns períodos de melhoria e aberturas de sol entre muitas nuvens. No sul e no centro-oeste gaúcho, o sol aparece com força e ocorrem pancadas de chuva a partir da tarde.

No domingo, uma nova frente fria reforça as áreas de instabilidade sobre a região e deixa o céu nublado com chuva a qualquer hora em grande parte do Paraná e no nordeste e no leste de Santa Catarina. Há risco de chuva forte. No Rio Grande do Sul, nas demais áreas de Santa Catarina e no sudoeste do Paraná, ocorrem pancadas de chuva, com alguns períodos de melhoria e aberturas de sol entre muitas nuvens.

Região Sudeste

Na sexta-feira, uma frente fria no Sudeste deixa o tempo chuvoso no centro-sul, no oeste e no leste de São Paulo. Pode chover forte. No Espírito Santo, no norte do Rio de Janeiro, na grande Belo Horizonte, no norte e no noroeste de Minas e nos vales dos rios Doce e Jequitinhonha, o sol aparece forte e ocorrem pancadas isoladas de chuva à tarde e à noite. Nas demais áreas do Sudeste, chove a qualquer hora com períodos de melhoria e aberturas de sol. O risco de chuva forte segue elevado.

No sábado, o céu fica nublado e com chuva no sul e no oeste paulista. Risco de chuva forte. Não chove no Espírito Santo, no Vale do Rio Doce e no norte do Rio. Nas demais áreas paulistas, no sul de Minas Gerais e no Triângulo Mineiro chove no decorrer do dia com alguns períodos de melhoria e aberturas de sol entre muitas nuvens. O sol aparece durante grande parte do dia nas demais áreas de Minas e no Rio. À tarde as nuvens aumentam e ocorrem pancadas isoladas de chuva.

No domingo, céu nublado e chuva no sul e no oeste paulista. Não chove nos vales dos rios Doce e Jequitinhonha e no Espírito Santo, no norte do Rio e na região dos lagos. Nas demais áreas de Minas e do Rio, no Vale do Paraíba e no norte, no litoral norte e na capital de São Paulo, o sol aparece durante parte do dia e ocorrem pancadas isoladas de chuva a partir da tarde. Chove no decorrer do dia com alguns períodos de melhoria e aberturas de sol entre muitas nuvens nas demais áreas paulistas.

Região Centro Oeste

Na sexta-feira, chove no decorrer do dia, com alguns períodos de melhoria e aberturas de sol sempre entre muitas nuvens na região Centro-Oeste. O ar quente e úmido ajuda na formação de nuvens mais carregadas e pode chover forte em alguns momentos em todos os estados.

No sábado, o ar mais quente e úmido predomina sobre todas as áreas da Região. Dia chuvoso no leste de Mato Grosso do Sul. Chove no decorrer do dia nas demais áreas. O risco de chuva forte é elevado principalmente em Mato Grosso do Sul e no sul de Mato Grosso.

No domingo, o sol aparece com força e ocorrem pancadas isoladas de chuva principalmente a partir da tarde em Goiás e no leste de Mato Grosso. Nas demais áreas da Região, ocorrem pancadas de chuva no decorrer do dia, com períodos de aberturas de sol. Pode chover forte em alguns municípios.

Região Nordeste

Na sexta-feira, muitas nuvens, períodos com sol, tempo abafado e chuva em grande parte do Nordeste. No Rio Grande do Norte, na Paraíba, no centro-leste de Pernambuco, em Alagoas, no Sergipe e no sul e no leste da Bahia, o sol aparece com força durante boa parte do dia e chove de forma rápida.

No sábado, o sol aparece entre muitas nuvens e chove no decorrer do dia no litoral leste do Rio Grande do Norte e no litoral e na zona da mata de Alagoas, de Pernambuco e da Paraíba. No Maranhão, no Piauí e no oeste da Bahia, chove a qualquer hora do dia, com alguns períodos de melhoria e aberturas de sol entre muitas nuvens. Nas demais áreas, o sol aparece com força e chove de forma rápida.

No domingo, o sol aparece durante boa parte do dia e chove de forma rápida em grande parte da Bahia e no sul do Piauí e do Maranhão. No norte e no nordeste baiano e nas demais áreas do Nordeste, muitas nuvens, períodos com sol e chuva.

Região Norte

Na sexta-feira, o ar mais seco deixa o tempo firme em Roraima e na divisa do Amazonas com a Venezuela. No oeste do Pará, no Acre e em grande parte do Amazonas, o sol aparece entre algumas nuvens e o tempo fica abafado. Acontecem pancadas isoladas de chuva a partir da tarde. No sudeste do Amazonas e nas demais áreas do Norte, áreas de instabilidade tropical provocam chuva a qualquer hora com períodos de melhoria e aberturas de sol sempre entre nuvens. Pode chover forte.

No sábado, áreas de instabilidades tropicais provocam chuva no decorrer do dia, com alguns períodos de melhoria e aberturas de sol sempre entre muitas nuvens em Rondônia, no Acre, no sul do Amazonas, no Amapá, no Tocantins e em grande parte do Pará. O sol aparece com força e o tempo fica firme em Roraima. No noroeste do Pará e nas demais áreas da Região, o sol brilha forte, o tempo fica abafado e ocorrem pancadas isoladas de chuva a partir da tarde.

No domingo, o tempo fica firme, sem chuva em Roraima. Chove no decorrer do dia com períodos de melhoria e aberturas de sol entre muitas nuvens no Amapá, em grande parte do Pará, em Rondônia, no Acre e no sul do Amazonas e no norte do Tocantins. No noroeste do Pará e nas demais áreas, o sol aparece com força, a temperatura fica elevada e ocorrem pancadas isoladas de chuva a partir da tarde.

Sobre o Grupo Climatempo

O Grupo Climatempo é a maior empresa privada de meteorologia do país. Fornece, atualmente, conteúdo para mais de 50 retransmissoras nacionais de televisão, para rádios de todo o Brasil e para os principais portais. Com cerca de 1.100 clientes, a empresa atua principalmente em dois segmentos: o de agronegócios e o de meios de comunicação. Oferece também conteúdo meteorológico estratégico para empresas de moda e varejo, energia elétrica, construção civil, transporte e logística, além de bancos, seguradoras e indústrias farmacêutica e de alimentos. O Grupo é presidido pelo meteorologista Carlos Magno que, com mais de 23 anos de carreira, foi um dos primeiros comunicadores da profissão no País.