RS: corpo é achado, mas pode não ser de vítima da ponte

Portal Terra

RIO GRANDE DO SUL - Um corpo foi encontrado no início da noite desta quarta-feira no rio Jacuí, na região da cidade de Agudo (RS). Ainda não há confirmação se o cadáver seria de um dos desaparecidos na queda de uma ponte na manhã de terça-feira.

Policiais militares acreditam que o morto é um jovem de aproximadamente 16 anos, que se afogou na região há cerca de três dias. Equipes de resgate buscam pelo menos cinco desaparecidos depois da queda da ponte da RSC-287, mas a PM acredita que o número de vítimas pode ser maior. Dez pessoas sobreviveram.

Nesta quarta, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) do governo do Rio Grande do Sul iniciou uma análise técnica na tentativa de descobrir as causas do desabamento de uma ponte ocorrido na terça-feira na cidade de Agudo.

De acordo com nota divulgada pelo governo do Estado, o projeto da ponte é de 1959, mas a construção foi concluída em 1963. O projeto indica que a ponte foi feita de concreto, com 314 m de extensão, seis pilares intermediários e dois encontros de concreto fechados nas extremidades.

Quem precisaria passar pela RS-287 onde está localizada a ponte deve utilizar outras rotas como a BR-392, a BR-153 e a BR-290.