OEA envia mensagem a Lula em solidariedade às vítimas das chuvas

Agência Brasil

BRASÍLIA - O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, enviou uma carta ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva em solidariedade às vítimas dos deslizamentos provocados pelas chuvas no Rio de Janeiro e São Paulo. Segundo Insulza, a OEA se dispõe a colaborar com o Brasil no que for necessário. A íntegra da carta diz:

''Eu me dirijo a Vossa Excelência para fazer chegar ao governo e ao povo brasileiros nossas sentidas condolências e mostras de solidariedade pelas vítimas das recentes inundações no Rio de Janeiro e São Paulo.

Em nome da Organização dos Estados Americanos e em meu próprio, eu peço que receba nosso sentido pêsame e que seja extensivo ao povo do Brasil. A Organização se dispõe a colaborar no que o governo nos solicite''.

Só no Rio, 52 pessoas morreram em Angra dos Reis. Pelo menos 31 corpos foram encontrados soterrados na Enseada do Bananal, em Ilha Grande. Em São Paulo, 30 áreas foram consideradas de risco de alagamento com ameaças de deslizamentos e desmoronamentos.