Mais uma cidade de SP decreta situação de emergência

Rose Mary de Souza, Portal Terra

CAMPINAS - O prefeito de Capivari, Luis Donisete Campaci (PMDB), decretou nesta quarta-feira estado de emergência para o município. O decreto acontece após três enchentes atingirem a cidade somente no mês de dezembro do ano passado.

Na última e mais forte, ocorrida em 27 de dezembro, o total de desabrigados ou desalojados contabilizou em 3,5 mil pessoas e 850 casas alagadas com a cheia do rio Capivari. Dez dias depois, 350 pessoas continuam em abrigos nas escolas e ginásio esportivos.

Além disso, 25 casas foram condenadas pela Defesa Civil e deverão ser demolidas. Segundo o órgão, os desabrigados podem continuar nos abrigos recebendo uma cestas básica. Doações de mobiliário, roupas e alimentos chegam de várias cidades da região.

"Fizemos um mapeamento e relatórios de todas as ocorrências na cidade", disse o prefeito Campaci.

A enchente atingiu pontes, afetou o pavimento das vias e comprometeu o serviço de abastecimento de água tratada. Em uma primeira avaliação, Campaci calculou em R$ 2 milhões os prejuizos na cidade mas acredita que esse número deve dobrar.

Emergência

A prefeitura de Atibaia, a cerca de 65 km de São Paulo, decretou ontem estado de emergência por causa das chuvas dos últimos dias. As chuvas atingiram 500 famílias.

Com a medida, a administração municipal espera que o governo do Estado de São Paulo e a União liberem verbas para socorrer às vítimas da enchente