Instrutor de rafting diz que resgatou bombeiros em Paraitinga

Portal Terra

SÃO PAULO - Rodolfo de Paula Leite, 25 anos, é instrutor de rafting em São Luiz do Paraitinga. Depois de celebrar a virada do ano, pensou que teria um início de ano tranquilo. Apesar da chuva forte, não imaginou que ao lado de seus colegas de profissão seria essencial para os primeiros salvamentos de moradores que estavam ilhados. Trabalhou até no resgate de bombeiros que passaram dificuldades após virarem os botes onde estavam. Passado o momento mais crítico, continua trabalhando como voluntário, ajudando as equipes de apoio à população.

Nos últimos dias, Leite tem ajudado a recolher botijões de gás levados pela enchente, para serem trocados por outros, cheios. Durante essa atividade, acabou encontrando a imagem de uma santa, de uma das igrejas que acabaram ruindo.

- Era uma santa grande. Encontrei o corpo, já que as mãos e os pés estavam quebrados - disse. Nos próximos dias pretende continuar o trabalho, até que a situação esteja minimamente normalizada. - Enquanto tudo não estiver bem, os turistas não virão à cidade. Só com tudo normalizado é que voltaremos à rotina, bem mais divertida - disse.

- Na cidade há três empresas de rafting e assim que a água começou a subir, colocamos os barcos à disposição. Resgatamos pessoas, animais - disse. - Era muita gente precisando de ajuda. Ninguém imaginou que a água ia subir tanto - acrescentou.

Segundo ele, alguns moradores só aceitaram ajuda depois de uma terceira tentativa. Leite afirmou que muitos que estavam com a água pela metade da casa não acreditaram que ela pudesse subir mais. - Só quando a situação ficou insustentável é que essas pessoas aceitaram ajuda - disse.

Ele revelou que o momento mais crítico foi o resgate de um idoso de 96 anos, que precisou ser retirado imobilizado em uma maca, já que o seu estado era de extrema fragilidade.

- Certamente, se eu tiver de guardar uma imagem desse dia, será o resgate desse idoso. Era uma operação que não poderia dar nada errado e assim foi - disse ele.