DF retira nome de quem atacou o governo de lista de premiados

Portal Terra

BRASÍLIA - O governo do Distrito Federal retirou os nomes do secretário de Relações Institucionais, Durval Barbosa, e da ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil do DF Estefânia Viveiros da lista de agraciados com a medalha comemorativa dos 200 anos da Polícia Militar. Durval foi o pivô das denúncias a respeito do mensalão do DEM e Estefânia apresentou um dos pedidos de impeachment contra o governador José Roberto Arruda. A informação é da Folha de S.Paulo.

O site do governo chegou a divulgar uma versão com o nome dos dois, mas na publicação do Diário Oficial, em dezembro, as citações foram retiradas. A assessoria do governador informou que isso ocorreu "por proteção", para que eles não fossem acusados de terem sido premiados pelo governo.