Quase metade dos prefeitos mineiros são investigados

Portal Terra

BELO HORIZONTE - Um levantamento feito pelo Ministério Público de Minas Gerais mostra que quase metade dos 853 prefeitos de cidades mineiras são investigados por supostas irregularidades. São 468 investigações, 57 inquéritos e 188 ações ajuizadas contra esses administradores. As informações são do jornal O Globo deste domingo.

A maioria das averiguações são referentes a casos de fraudes, irregularidades em licitações, contratação ilegal de pessoal, desvios de recursos, superfaturamento e outros. Segundo o procurador Elias Paulo Cordeiro, quanto menor a cidade "menos profissional e mais centralizada é a administração, o que dá margem à corrupção. Os prefeitos governam como se a prefeitura fosse uma extensão da própria casa".