"Há momentos em que o crime compensa", diz presidente do TJ-SP

Portal Terra

SÃO PAULO - O presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, Roberto Antonio Vallim Bellocchi, 68 anos, disse que "há momentos em que o crime compensa", em entrevista concedida ao jornal Estado de S. Paulo deste domingo.

Ele falou sobre os esforços para implantar melhorias durante seus dois anos no cargo, mas reconheceu que há um "grande déficit" no tribunal. Ele cobrou mudanças na Lei de Responsabilidade Fiscal.

- Antes da Lei Fiscal, o tribunal ficava com 7,6% da receita do Estado. Agora caiu para 4%.