Pelo menos oito pessoas continuam desaparecidas no Amazonas

Agência Brasil

MANAUS - Pelo menos oito pessoas, entre elas um menino de oito anos de idade, estão desaparecidas no Rio Amazonas, próximo ao município de Monte Alegre, no oeste do Pará. Eles faziam parte do grupo de passageiros do barco Almirante Barroso que naufragou na noite da última segunda-feira (21).

As buscas no local vão continuar hoje (23), de acordo com o Corpo de Bombeiros Militar do Pará. Oito corpos já foram localizados, além de 94 sobreviventes. A remoção do barco será feita somente após a parte interna da embarcação ser encontrada pelos mergulhadores.

- A maior dificuldade é falta de visibilidade. O rio é muito denso e escuro. Para localizar algo, os mergulhadores têm que ficar tateando o local o tempo todo. Mesmo com lanternas , a visibilidade debaixo da água é de cerca de um palmo apenas de distância - explicou o major do Corpo de Bombeiros, Augusto Lima.

O barco saiu do município de Monte Dourado, passou por Almerim, Prainha e, a cerca de duas horas e meia do município de Monte Alegre, seu destino final, naufragou. As causas do acidente serão investigadas pela Capitania dos Portos.