Pai de menino com agulhas no corpo é preso no Maranhão

Portal Terra

SÃO PAULO - O lavrador Francisco Coelho, pai da criança de 2 anos, que desde agosto convive com agulhas no corpo, foi preso em São Vicente Férrer, a 300 km da capital maranhense. Segundo a polícia, após ter ouvido na terça-feira o depoimento da mãe, do pai e avós, o lavrador é visto como suspeito de ter colocado sete agulhas no corpo da criança.

Em agosto, quando foi verificada a presença das agulhas em um raio x, a criança foi levada para São Luís, onde foram retiradas duas agulhas. Ela ainda permanece com cinco agulhas no corpo, mas os médicos afirmam que por enquanto os objetos não estão prejudicando a saúde do menino.

O Ministério Público do Maranhão investiga o caso para esclarecer ao certo em que situação as agulhas foram inseridas e se a convivência com a família representa risco para criança. De acordo com o advogado da família, o pai e a mãe do garoto não estão envolvidos no caso.