Cotistas de fundo ligado a Dantas são beneficiados pelo STF

Portal Terra

SÃO PAULO - A suspensão das medidas judiciais da Operação Satiagraha, segundo decisão tomada pelo Superior Tribunal de Justiça (STF), beneficiaram ao menos 62 cotistas do Opportunity Fund, com sede nas ilhas Cayman. Eles seriam suspeitos de lavar dinheiro, evadir divisas e sonegar impostos. As informações são do jornal Folha de S.Paulo desta quarta-feira.

O desfecho das investigações, que estavam em fase final, deve ser suspenso em virtude da liminar de congelamento das medidas tomadas pelo juiz federal Fausto De Sanctis, contra o banqueiro Daniel Dantas, concedida pelo ministro do STF Arnaldo Esteves Lima.