Dilma comete gafe sobre morro onde nasceu atacante Adriano

Portal Terra

RIO - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, estiveram nesta terça-feira no Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio, para entregar obras do PAC, um conjunto residencial com 192 apartamentos. Porém, durante a inauguração, Dilma cometeu uma gafe relacionada à origem do atacante Adriano, do Flamengo.

Enquanto Lula inaugurava o conjunto residencial, Dilma, durante seu discurso, disse que os prédios poderiam levar os nomes de jogadores de futebol que saíram do Complexo e citou Adriano como exemplo.

Porém, a ministra esqueceu de consultar as origens de Adriano. O jogador, artilheiro do Campeonato Brasileiro e campeão pelo Flamengo, não nasceu no Complexo de favelas do Alemão e sim na Vila Cruzeiro.