DEM-DF nega afastamento de Paulo Octavio de sua presidência

Portal Terra

BRASÍLIA - O partido Democratas do Distrito Federal (DEM-DF) desmentiu nesta terça-feira que o vice-governador do DF, Paulo Octavio, se afastará da presidência regional da legenda. "Ao contrário do que foi publicado na imprensa local e nacional, o vice-governador Paulo Octávio permanecerá na presidência regional da legenda", diz a regional do partido, em nota.

Mais cedo, foi divulgado que Paulo Octavio, pressionado pela cúpula do DEM, pediria licença de 60 dias da presidência da sigla durante a reunião para analisar o processo de expulsão do deputado Leonardo Prudente, presidente licenciado da Câmara Legislativa do DF, que aparece em um vídeo guardando dinheiro na meia.

O nome de Paulo Octávio é citado nas gravações da operação Caixa de Pandora por pessoas ligadas a ele, mas não há imagens do vice recebendo propina. A ausência de vídeos era o argumento apresentado pela cúpula do DEM para poupar o vice-governador de um pedido de expulsão.