Professores: provas da Unesp estavam bem elaboradas e fáceis

Portal Terra

SÃO PAULO - A segunda fase da Unesp estava simples e de fácil resolução, apesar de muito bem elaborada. Essa foi a opinião dos professores do curso Poli de São Paulo. Os professores apontaram também que esta fase trouxe "de volta" a identidade dos vestibulares da Unesp, com provas modernas, com muitos textos e interpretação.

Segundo a professora de Literatura e Língua Portuguesa, Cristiane Bastos, "a segunda fase foi bem diferente da primeira, que teve um caráter conteudista, seguindo os moldes tradicionais dos vestibulares antigos. Esta foi mais moderna, a cara da Unesp".

- A prova foi fácil e inteligente, misturando diferentes gêneros literários e privilegiando a interpretação de textos - afirmou.

Porém, Cristiane chamou a atenção para a falta de uma questão específica de escolas literárias, que era tradicional da Unesp.

A redação, cujo tema foi a "Felicidade" e o conflito entre o "ter" e o "ser", estava contextualizada com textos apresentados nas questões, fato também muito elogiado pelos professores.