OAB-DF pede suspensão do recesso da Câmara Legislativa

Portal Terra

BRASÍLIA - A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Distrito Federal informou na manhã desta segunda-feira, que vai entrar com um mandado de segurança com pedido de liminar para que a Câmara Legislativa funcione imediatamente em regime de convocação extraordinária e seja analisado o pedido de impeachment do governador José Arruda, assim como os processos contra os deputados acusados por quebra de decoro parlamentar.

Segundo a OAB, a ação será protocolada na tarde de hoje e pedirá que o primeiro requerimento, feito à Câmara Legislativa em 15 de dezembro, tenha validade. Na época, oito parlamentares apresentaram pedido de autoconvocação para a tramitação dos processos de impeachment. O requerimento foi aceito pelo presidente da Câmara, mas a base governista não concordou e aprovou outro texto, com 16 assinaturas, e decretou recesso até 10 de janeiro de 2010.