Em operação, PF prende 5 acusados de crime ambiental em RO

Portal Terra

RONDÔNIA - Cinco pessoas foram presas acusadas de crime ambiental em uma operação da Polícia Federal (PF), na manhã desta segunda-feira, em Rondônia. A operação Stones tem como objetivo cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal e cumpridos nas cidades de Ariquemes e Porto Velho (RO).

Segundo a PF, após investigação, os policiais descobriram um grupo empresarial de Ariquemes cometia a prática de crime ambiental. O esquema contou com a participação de um ex-chefe do 19º Distrito do Departamento Nacional de Proteção dos Recursos Minerais (DPRM), órgão público subordinado ao Ministério das Minas e Energia que tem atribuição de conceder licenças para a exploração de recursos minerais.

Uma das principais atividades do grupo é a exploração de granito em uma pedreira localizada no município de Ariquemes.

Dasprisões, duas foram em Porto Velho e três em Ariquemes. Também foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão, sendo dois cumpridos em Porto Velho e os outros sete em Ariquemes.

A Justiça Federal determinou o sequestro e a indisponibilidade de 21 veículos e 20 imóveis pertencentes às pessoas investigadas pela PF. O inquérito policial instaurado para apurar o caso corre em segredo de justiça.