RS libera R$ 2 mi para 19 escolas danificadas por chuvas

Portal Terra

DA REDAÇÃO - A governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), autorizou a liberação de R$ 2 milhões para recuperação de dandos causados por chuvas e ventos em escolas, nas regiões de Gravataí, na Grande Porto Alegre, e no litoral gaúcho. Em Gravataí, serão beneficiadas oito escolas e no litoral, 11.

De quinta-feira para sexta, 13 municípios decretaram situação de emergência no Estado em decorrência das chuvas e dos vendavais, que atingiram velocidade de até 120 km/h. São agora 25 cidades em situação de emergência por conta do mau tempo: Minas do Leão, São Sebastião do Caí, Taquari, Taquara, General Câmara, Coronel Barros, Sapucaia do Sul, Feliz, Butiá, Canguçu, Vale Verde, Dom Pedrito, Tramandaí, Bagé, Balneário Pinhal, Capão da Canoa, Pantano Grande, Montaurí, Cidreira, Terra de Areia, Três Cachoeiras, Três Forquilhas, Novo Hamburgo, São Jerônimo e Linha Nova.

Na sexta-feira, foram enviadas para o litoral norte quatro carretas, cada uma com 800 telhas, além de dezenas de kits-dormitório (com travesseiros, fronhas, lençóis e cobertores) e também cestas básicas em ajuda à população.

Os temporais danificaram 9 mil casas na zona central de Tramandaí, 400 em bairros de trabalhadores em Capão da Canoa, e 600 no Balneário Pinhal. Além do impacto sobre as moradias, o vendaval causou danos também em escolas, ginásios, prédios e muros, além de derrubar dezenas de árvores. O Hospital da Ulbra de Tramandaí teve 22 de seus 102 leitos interditados em razão dos destelhamentos.