Tarso: atuação de Forças Armadas na segurança não afetará polícias

Agência Brasil

SÃO PAULO - O ministro da Justiça, Tarso Genro, afirmou nesta sexta-feira que as funções das forças policiais ao coibir crimes não serão afetadas pela ampliação da atuação das Forças Armadas para a segurança pública, como prevê a Lei Completar 97. - Apenas será preenchido o vácuo, na ausência dos policiais, principalmente em áreas de fronteira e na Amazônia - explicou.

Tarso Genro disse também que os militares da Marinha, Exército e Aeronáutica poderão, nessas circunstâncias, fazer flagrantes, revistar suspeitos e apreender armas e drogas.

O ministro participou na manhã de hoje de encontro reservado com representantes do Fórum de Segurança Pública em São Paulo, uma organização não governamental que estuda os níveis de violência e debate soluções para melhor combater esse problema no país.