Retirada uma capivara do espelho d'água do Congresso

Agência Senado

BRASÍLIA - A Polícia Militar Florestal do Distrito Federal recolheu uma capivara do espelho d'água situado em torno dos anexos do Congresso. Dois agentes retiraram o animal da água com um puçá e o levaram numa pequena jaula.

Pouco antes de começar a sessão plenária, o comentário sobre a presença da capivara no espelho d'água suscitou brincadeiras entre os senadores. - Isso é assunto para a Marina Silva (PV-AC). Ela é que é a ambientalista aqui - disse Mão Santa (PSC-PI).

Para o senador Cristovam Buarque (PDT-DF), a presença da capivara nos jardins do Congresso, a um mês da 15ª Conferência sobre o Clima, a realizar-se em Copenhague, parece um alerta sobre o aquecimento global. - É a crise ambiental se manifestando no Congresso para despertar os senadores. Os animais estão se desorientando no mundo inteiro e o cerrado não é exceção - afirmou.