PF prende 10 suspeitos de tráfico internacional em MT, MS e SP

Portal Terra

SÃO PAULO - A Polícia Federal (PF) iniciou na manhã desta sexta-feira a Operação São Cristóvão com o objetivo de combater uma quadrilha especializada no tráfico internacional de drogas em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e São Paulo. Cerca de 160 policiais cumprem 29 mandados de prisão temporária, 35 de busca e apreensão e 12 de condução coercitiva (para prestar depoimento). Até as 9h40, 10 pessoas haviam sido presas.

Segundo a PF, um "proeminente empresário de Cuiabá" é o líder do grupo. A quadrilha atuaria também na receptação e envio de carretas roubadas para a Bolívia. A ação ocorre nas cidades de Cuiabá, Cáceres, Rondonópolis, Tangará da Serra e Primavera do Leste (MT); Corumbá (MS); São Paulo, Américo de Campos, Lavígnia e Pracinha (SP).

Ainda segundo a PF, foram apreendidos desde o início das investigações, em 2008, mais de 230 kg de cocaína. Os membros da quadrilha seriam responsáveis pela abertura de empresas de fachada nos seus próprios nomes e de familiares, como o da mãe do suposto líder.

A polícia afirma que o grupo costumava comprar os veículos roubados em São Paulo e Curitiba (PR) e depois clonava as carretas com documentos dos próprios membros da quadrilha, antes de entregá-las na Bolívia. Servidores públicos participariam do esquema e liberariam os veículos que fossem apreendidos.