Motoristas de ônibus voltam ao trabalho em SP

Portal Terra

SÃO PAULO - Os sete mil cobradores e motoristas da Viação Sambaíba, que atende a Zona Norte da capital paulista com cerca de 1,5 mil ônibus e estavam em greve desde o início da manhã desta quinta-feira, voltaram ao trabalho por volta das 11h30.

O Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo (Sindimotoristas) afirma que a medida afetou 650 mil pessoas durante as sete horas de paralisação.

A SPTrans realizou uma operação de emergência para atender às regiões afetadas, desde as 4h. As linhas provisórias tiveram como destino as estações do Metrô, que começaram a funcionar a partir das 4h40. Os passageiros foram orientados a observar os cartazes fixados nos veículos com o itinerário.

O Sindicato dos Motoristas de São Paulo afirmou que a paralisação teve o objetivo de reivindicar a convenção coletiva de trabalho, após três meses de negociações com a empresa Aviação Sambaíba.