Obras de shopping em SP serão paralisadas após acidente

Vagner Magalhães , Portal Terra

SÃO PAULO - A Defesa Civil de São Paulo determinou a paralisação das obras de ampliação de um shopping center localizado na zona sul de São Paulo, após o desabamento ocorrido no início da tarde deste sábado que deixou quatro pessoas feridas. Segundo informações da prefeitura, não há indícios de novas vítimas no local.

O acidente, ocorrido no shopping center SP Market, aconteceu por volta das 13h20 e os Bombeiros enviaram 15 viaturas que estão no local. A obra ocupa uma área de aproximadamente 400 m². Segundo a administração do shopping, as vítimas socorridas até o momento tiveram ferimentos leves.

O secretário especial de controle urbano da cidade de São Paulo, Orlando Almeida, afirmou que "a Defesa Civil solicitou a paralisação total das obras até que as causas do acidente sejam apontadas pela polícia técnica".

Almeida também explicou que não há indícios de mais vítimas. "Por volta das 16h15 cães farejadores fizeram uma varredura no local a procura de novas vítimas". Segundo ele, essa é uma medida de praxe e não existe nenhum indício de que haja pessoas sob os escombros.

O funcionário da Prefeitura de São Paulo afirmou que a área do acidente, onde funcionava uma antiga indústria, foi comprada pelo shopping para ampliação do centro de compras. Segundo Almeida, o processo da reforma foi autorizado pela Prefeitura, que, no entanto, ainda está averiguando se o pedido de ampliação da área construída também foi aprovado. O secretário afirmou que nos próximos dias a Prefeitura deve divulgar estes dados.

O acidente não interditou o shopping, que continua funcionando normalmente, já que a área da obra é separada do shopping. Também não há trânsito no local.

Segundo a empresa responsável pela construção, uma peça de um andaime se soltou. Confira a nota da construtora na íntegra:

"A MPD Engenharia, construtora responsável pelas obras de expansão do shopping SPMarket, informa que uma peça do andaime da forma da laje externa, em obras, se desprendeu. O incidente ficou restrito à área da obra e não vitimou com gravidade nenhum profissional envolvido. Quatro funcionários foram atendidos imediatamente com leves escoriações e levados a um hospital da região. Todas as providências já foram tomadas e o empreendimento funciona normalmente sem oferecer nenhum risco ao público."