'Apagão histórico' em Brasília

Agência Brasil

RIO - Oito cidades do Distrito Federal, incluindo Brasília, ficaram sem energia elétrica por cerca de 25 minutos no fim da manhã desta quinta-feira. De acordo com a Companhia Energética de Brasília (CEB), o problema chegou a atingiu 64% do DF. Foi o segundo maior apagão da história de Brasil, segundo classificação do diretor de manutenção e operação da empresa, Amilton Naves.

O apagão foi provocado pelo desligamento nas linhas de transmissão entre Furnas e a CEB. Entretanto, as causas do desligamento só serão conhecidas em detalhes daqui a um mês, após conclusão de um estudo nas estações atingidas.

Segundo Naves, houve uma interrupção automática em quatro linhas, duas em Brasília/Norte e duas em Furnas:

A ocorrência foi na interligação que temos entre Brasília e Furnas. Essas linhas foram desligadas de forma preventiva para evitar maiores interrupções de energia explicou o diretor. Segundo Naves, a princípio, a falta de investimentos e de manutenção nas linhas de transmissão de energia podem ter causado o desligamento que afetou, inclusive, as áreas da Esplanada dos Ministérios e do Congresso Nacional. Se pararmos para ver, esse desligamento tem uma dimensão bem razoável porque pegou mais de 50 % da região. Realmente faltam investimentos para evitar este tipo de problema.

A falta de energia teve início às 11h05 e começou a ser restabelecida gradualmente às 11h30. As regiões administrativas mais atingidas foram Plano Piloto, Lago Sul e Lago Norte, em Brasília, além das cidades satélites de Sobradinho, Planaltina, São Sebastião, Águas Claras, parte de Taguatinga e parte de Ceilândia.