Justiça cassa mandatos de prefeito e vice de Praia Grande

Portal Terra

SÃO PAULO - A Justiça Eleitoral de São Paulo cassou o prefeito e o vice-prefeito da cidade de Praia Grande, no litoral de São Paulo. Segundo a Globo News, eles são acusados de compra de votos. A sentença foi dada pelo juiz eleitoral da cidade, João Luciano Sales do Nascimento. O prefeito Roberto Francisco (PSDB) e seu vice, Alberto Amaral (PSB), foram condenados por captação ilegal de votos e gastos em desacordo com normas eleitorais.

A justiça determinou a diplomação do segundo colocado nas eleições, Alexandre Cunha, do PMDB. A decisão de primeira instância deve ser publicada no Diário Oficial da União nesta quarta-feira, mas ainda cabe recurso.