Preso acusado de extorquir mulheres pela internet em SE

Vivianne Peixão, Portal Terra

ARACAJU - Um homem foi preso nesta quinta-feira pela Polícia Civil do Sergipe e do Maranhão, acusado de extorquir dezenas de mulheres de vários estados do Brasil. O suspeito conheceria as vítimas pela internet, manteria um relacionamento virtual por algum tempo e quando ganhava a confiança, faria com que elas se exibissem sensualmente para ele pela webcam.

Ginaldo de Oliveira Pereira, de 44 anos, copiaria as imagens e depois subornaria as mulheres que, em sua maioria, eram casadas e de classe média. De acordo com o delegado do Departamento de Investigação Criminal de São Luís, no Maranhão, Paulo Aguiar, o crime só pôde ser investigado depois que uma vítima fez a denúncia.

- A vítima relatou que o indivíduo tinha uma boa conversa e se dizia psicólogo, deixando-a encantada e ganhando cada vez mais a sua confiança. Ele criou um falso relacionamento com o único intuito de extorqui-la com imagens sensuais, gravadas pela webcam do acusado, onde ela praticava sexo virtual com o acusado - detalhou o delegado. - Ginaldo chegou a pedir R$ 30 mil em troca das imagens, caso contrário entregaria um DVD com a gravação para o marido dela.

A partir daí, a polícia passou a investigar o caso e descobriu que o acusado agiria na capital sergipana, pedindo assim o apoio do Departamento de Investigações Sobre Narcóticos (Denarc). De posse do mandado de prisão expedido pela Justiça do Maranhão, conseguiram prender o suspeito.

Segundo o delegado Flavio Albuquerque, no momento da prisão, Pereira estava em sua residência, localizada no bairro D. Pedro I, Zona Norte da capital sergipana. Na casa foi encontrado um notebook de ultima geração e três conexões de internet, com as quais ele encontraria suas vítimas e praticaria as extorsões.