Temporal no PR mata 1, fere 9 e afeta quase 3 mil pessoas

Portal Terra

SÃO PAULO - A chuva que cai sobre o oeste e sudoeste do Estado do Paraná segue causando estragos. Uma pessoa morreu, noves ficaram feridas - uma em estado grave - e o número de afetados passa de 2,9 mil. Duas cidades estão sem energia elétrica, segundo informações da Defesa Civil Estadual 1.194 casas foram atingidas.

Segundo informações da agência meteorológica Climatempo, áreas de instabilidade avançam com força sobre o Paraná. Na região de Mamborê, Roncador e Pitanga chove com forte intensidade. A proximidade de áreas de instabilidade também favorece a intensificação dos ventos na região de Maringá.

O vendaval atingiu a cidade de Santa Helena, onde aproximadamente 50 casas foram atingidas, uma pessoa morreu e outra ficou ferida com a queda de uma árvore sobre um veículo. Mais de duas mil foram afetados na localidade. Em Matelândia, os ventos atingiram em torno de 350 casas e o município está sem energia elétrica. A cidade de Meidaneira teve 30 residências atingidas.

Na cidade de Cascavel, os ventos atingiram cerca de 600 casas. Em Três Barras do Paraná, 200 residências foram danificadas, 10 destruídas, 600 pessoas ficaram desalojadas e 300 desabrigadas.

Os ventos e o granizo destelharam 25 casas na cidade de Diamante do Oeste. Outras 84 casas foram afetadas em Palotina pelo granizo. Em Ampere, o granizo danificou 30 casas. A cidade de Iguatu está sem energia. Nove pessoas ficaram feridas, sendo uma em estado grave.