Após vendaval, Toledo inicia reconstrução de casas atingidas

Portal Terra

TOLEDO - A prefeitura de Toledo, no Paraná, iniciou nesta quarta-feira distribuição de material para a reconstrução das residências danificadas pelo vendaval de 104 km/h, que atingiu o município na última segunda-feira. De acordo com o secretário de assistência social de Toledo, Léo Inácio Anschau, as famílias das regiões mais vulneráveis é que serão ajudadas neste primeiro momento.

- Aquelas pessoas que têm melhores condições sociais, que não necessitam do apoio da prefeitura, iniciaram a reconstrução por conta própria, logo após o vendaval - explicou. A previsão é que o trabalho de reconstrução das residências atingidas termine dentro de seis dias.

Na segunda-feira, o vendaval danificou cerca de 750 imóveis, desabrigou 15 famílias e deixou outras 3 mil afetadas. Além disso, cinco residências foram destruídas. Quatro pessoas tiveram ferimentos graves, mas não correm risco de morte.

O secretário explica que, do total de residências atingidas, cerca de 400 já foram atendidas com materiais.

- Em cerca de 200 propriedades nós iremos fazer uma intervenção direta do poder público. As demais possuem condições e já iniciaram a reconstrução por conta própria - explicou.

De acordo com o secretário, a prefeitura realiza ao longo desta semana a distribuição de materiais de construção, como telhas, cimento e tijolos.

- Nós também fizemos um mutirão, com amplo apoio popular, para oferecer a essas famílias atingidas colchões, cobertores, utensílios domésticos - explicou.

Segundo Anschau, as famílias desabrigas estão em casas de amigos ou parentes. Para estas famílias, foram disponibilizadas refeições gratuitas na cozinha industrial da prefeitura. A prefeitura ainda não tem um levantamento dos prejuízos financeiros causados pelo vendaval.

Estragos

Na última segunda-feira, um vendaval de 104 km/h, acompanhado de uma forte chuva provocou o destelhamento de cerca 750 imóveis, derrubou aproximadamente 30 árvores, arrancou a cobertura de um posto de combustível.

O vento também derrubou a estrutura de uma roda gigante do Centro de Eventos Ismael Sperafico, local onde ocorria uma feira agropecuária. A estrutura atingiu diversos estandes e placas de divulgação, e em razão dos danos, o evento foi cancelado.

No interior do município, os estragos abrangeram os telhados de casas, chiqueirões e aviários. Os prejuízos maiores foram nas localidades de Linha Lajeado Grande, Dois Marcos, São Miguel, Linha São Pedro , Linha Comim, Linha Floriano, Xaxim e Novo Sobradinho.

Já na cidade as regiões mais atingidas foram nos bairros Coopagro, Santa Maria, Tocantins, centro, Jardim Concórdia, Jardim Porto Alegre, Jardim Europa, La Salle e Jardim Bandeirantes.