Brinquedos sem selo de segurança são destruídos em MG

Portal Terra

BELO HORIZONTE - O Instituto de Pesos e Medidas de Minas Gerais (Ipem - MG) destruiu seis mil brinquedos que foram apreendidos em todo o estado sem o selo de qualidade de Inmetro. Na ação, também foram destruídos 32 capacetes, 298 mamadeiras, 7.284 dispositivos elétricos, 57 extintores de incêndio, 3.255 preservativos masculinos, todos apreendidos sem o selo de segurança.

O recolhimento dos brinquedos faz parte da operação especial "Dia das Crianças", realizada pelo Ipem, com foco na fiscalização de brinquedos, bicicleta infantil e produtos têxteis da linha infantil. Segundo o Instituto, as operações especiais são realizadas durante todo o ano, em épocas onde o consumo de determinado produto é maior, como é o caso do Dia das Crianças.

Segundo o gerente de Fiscalização e Verificação Compulsória do Instituto, Raimundo Mendes, antes de comprar um briquedo, os pais devem seguir algumas orientações: exigir sempre a nota fiscal, observar a indicação de faixa etária, que deve constar da embalagem, além da tradução de todas as informações para o português, caso o produto seja de outro país.

O gerente explica ainda que caso o brinquedo não possua o selo do Inmetro, pode ser um produto pirata ou falsificado. - O selo do Inmetro garante que o produto é de boa procedência - disse.