SP: Zona Azul passa a custar R$ 3 a partir de segunda

Portal Terra

SÃO PAULO - A partir da próxima segunda-feira, dia 5 de outubro, os cartões de estacionamento de Zona Azul em São Paulo passarão a ser vendidos por R$ 3. O talão com 10 folhas será vendido a R$ 28, com um desconto de 6,6% em relação à folha unitária.

Após oito anos sendo comercializada a R$ 1,80, o reajuste da folha da Zona Azul foi autorizado pela Secretaria Municipal de Transportes (SMT) após investigação sobre as empresas que distribuem os cartões. Por conta da sindicância, o aumento, que inicialmente estava previsto para vigorar em junho, havia sido adiado.

A CET investigava as empresas Good Mix e Fernando Chinaglia, as duas maiores distribuidoras dos talões, desde junho após queixas de pessoas que não conseguiam adquirir os talões ou só os encontravam por preços superiores ao valor oficial. Na época, houve aumento na procura por talões devido ao anúncio de reajuste no preço.

Segundo a CET, com o aumento da demanda, as empresas pediram uma quantidade muito superior ao habitual, mas não repassaram esse volume para os postos de venda.

A sindicância ainda apurou que 40% dos pontos oficiais vinculados às distribuidoras vendem folhas de Zona Azul com valor superior ao preço fixado pela CET.

A companhia municipal determinou multa de R$ 37.982,25 e R$ 24.556,50 à Good Mix e à Fernando Chinaglia, respectivamente. Uma terceira empresa, a Servlot Distribuidora será multada em R$ 5.737,50 por conta da falta de fiscalização nos pontos de venda dos talões.