Constituição brasileira não permite 3º mandato, diz Toffoli

Marina Mello , Portal Terra

BRASÍLIA - O advogado-geral da União, José Antônio Dias Toffoli, se colocou contra a possibilidade de terceiro mandato para presidente da República durante sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, nesta quarta-feira.

"Este é um tema que, no meu entendimento, é muito evidente que um terceiro mandato consecutivo está impedido pela Constituição. A Constituição brasileira não permite uma 're-reeleição'", afirmou.

Toffoli evitou, no entanto, se posicionar sobre outro tema polêmico questionado por senadores: a posição do Brasil em relação à crise em Honduras.

Ele apenas comentou a questão e disse que vem acompanhando-a pelos jornais, pois está de férias desde que foi indicado para o STF e, neste tempo, tem se dedicado a conversar com senadores para que "todos possam conhecê-lo melhor".