Quércia diz que não confia em aliança com o PT

Portal Terra

SÃO PAULO - O ex-governador de São Paulo e membro da executiva nacional do PMDB, Orestes Quércia, disse que não confia em uma aliança com o PT para a disputa presidencial e que negocia acordo com o PSDB. Em entrevista publicada na edição de domingo do jornal O Estado de S. Paulo, Quércia diz que o PT não cumpriu com a promessa de o ajudar em candidatura ao Senado.

Quércia disse que o PT também não cumpriu com o programa apoiado por ele no passado. Afirmou que apenas 7% das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) foram feitas e que 64% delas ainda nem saíram do papel.

Na entrevista ao jornal, o ex-governador disse que se o Brasil continuar com o governo do PT sem o presidente Luiz Inácio Lula da Silva "vai ser a pior coisa que pode acontecer". Quércia afirmou que brigará como puder para ajudar o atual governador de São Paulo, José Serra.

Em relação à disputa interna no PMDB sobre quem apoiar, Quércia afirmou que o atual presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer (PMDB-SP), está sendo pressionado a apoiar uma candidatura do PT e que pode gostar da possibilidade de ganhar a vaga de vice na chapa com o partido de Lula, mas que não acredita que o PT dê este lugar a Temer.