TJ de SP nega pedido de habeas de Roger Abdelmassih

Portal Terra

SÃO PAULO - A 6ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça negou pedido de habeas-corpus do médico Roger Abdelmassih, acusado de estuprar mais de 50 pacientes. A decisão foi tomada ontem, durante julgamento de mérito. Dois desembargadores negaram o pedido e um foi favorável.

Famoso especialista em reprodução assistida, Abdelmassih foi denunciado por crimes de estupro praticados contra mais de 50 mulheres que dizem ter sido suas pacientes. Ele nega as acusações. A denúncia do Ministério Público de São Paulo foi aceita pelo juiz Bruno Paes Stranforini, da 16ª Vara Criminal da Capital, que também decretou a prisão preventiva do médico.

Os advogados do médico já haviam recorrido ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ao Supremo Tribunal Federal (STF), sem conseguirem um habeas-corpus.