Senado libera funcionários para bases eleitorais durante eleições

Portal Terra

BRASÍLIA - O Senado decidiu liberar até três funcionários comissionados das lideranças partidárias e da Mesa Diretora para atuarem nos escritórios políticos nos estados dos senadores. A medida havia sido proibida há 34 dias atrás, mas, alegando que houve um pedido unânime dos líderes, a Mesa recuou. Contudo, o líder do DEM, José Agripino (RN), e o do PT, Aloizio Mercadante (SP), disseram que não foram consultados.

- Não gera nenhuma despesa, não há nada errado, nenhuma aberração. A Mesa achou por bem atender a essa reivindicação, que é de todos os líderes - disse o primeiro-secretário, Heráclito Fortes (DEM-PI). Mercadante disse que a liberação é um retrocesso.