Com fogo em trilhos, moradores interditam ferrovia da Vale

Portal Terra

SÃO LUÍS - Moradores de Tufilândia, a 270 km de São Luís, no Maranhão, interditaram na manhã desta sexta-feira um trecho da estrada de ferro Carajás, administrada pela companhia Vale. Eles atearam fogo nos dormentes da ferrovia.

Os moradores querem que a Vale construa uma via de acesso paralela à ferrovia. Em agosto, uma ponte que permitia o acesso ao município caiu, deixando a cidade praticamente isolada.

A Vale, por meio de nota, informou que, por motivo de segurança, paralisou o tráfego a 30 km do local do protesto e o trem de passageiros também sofreu consequências, tendo a velocidade reduzida.

A empresa informou ainda que tem o compromisso de sempre manter "permanente diálogo com as comunidades vizinhas às suas operações e repudia quaisquer atos de vandalismo e violência".